Tagged: Título Toggle Comment Threads | Atalhos de teclado

  • CarlaOliveira 18:21 on 09/05/2009 Permalink | Responder
    Tags: Título   

    Um capítulo… aqui 

    Porque AQUI é um espaço intemporal e metafísico.

    Porque nos espaços intemporais e metafísicos temos tempo e espaço para tudo o que queremos, da forma como queremos.

    Porque AQUI não nos prende nem nos condiciona a uma hora ou local.

    Porque AQUI nos liberta.

    Porque AQUI pode ser onde quisermos, quando quisermos, no mundo que quisermos.

    Porque AQUI é suficientemente próximo e não demasiado distante.

    Porque é nos AQUIs que a nossa vida acontece.

    E, nos entretantos, vamo-nos encontrando…

    aqui.

    Anúncios
     
    • NSilva 10:34 on 11/05/2009 Permalink | Responder

      Muuuuuito bem escrito, muito bem pensado e dito. Um conceito inteligente digno, quiçá?!, de um RP.

      • Carlita 21:12 on 13/05/2009 Permalink | Responder

        Obrigada. E orgulho-me muito de poder dizer que esta é uma campanha de RP de sucesso =)

  • CarlaOliveira 0:15 on 21/04/2009 Permalink | Responder
    Tags: Café, , , , Título   

    Preciso de um novo título… 

    … minto. Preciso mesmo é de um novo ritmo de vida. Bolas, gostava de perceber porque é que o ponteiro do relógio nos atropela e o sol teima em passar por nós enquanto estamos fechados num qualquer escritório de um qualquer edifício, fechados nas nosssas vontades atafulhadas em listas de tarefas por riscar.

    Desculpem-me. Sei que devia saber gerir melhor o meu tempo na vez de estar a tomar as culpas ao mundo. Aliás, se calhar devia era mesmo saber medir melhor as minhas tarefas. Ou será que devia ponderar antes sobre a minha resistência?! Whatever… a verdade é que o tempo não vai deixar de nos atropelar, mesmo quando nos estamos a questionar.

    Preciso de um novo título. Este blog deixou de ser “um capítulo em L.A.” a partir do momento em que hoje senti a saudade bater forte dessa história que se escreveu a cinco mil e tal milhas daqui.

    Estava eu na minha hora de almoço quando passei por um Starbucks. Claro que a vontade venceu a inércia e entrei para pedir um Café Americano, Tall, assim como fazia em L.A. Pensava eu que ia apenas saciar a vontade e recordar velhos tempos, mas nunca um Café Americano teve um sabor tão amargo. Um sabor a vazio. Um sabor a falta. Um sabor a eco. Talvez o eco da distância que me separa de LA, uma distância a que até agora eu tentava resistir. Simultaneamente estranho e familiar. Ou diria antes, familiar, mas estranho… E é incrível como antes tinha entrado naquele mesmo Starbucks em Portugal e a sensação era tão diferente do que foi hoje… Mas chegou a hora de assentar os pés na terra (se soubessem como detesto o sentido da palavra “assentar”…). A vida não pode continuar no limbo nem carregar consigo vontades que nos prendem a um passado. A vida está com o nosso olhar no futuro. É por isso que temos de acompanhar os ponteiros para que eles não nos atropelem e deixem ficar para trás.

    Preciso de um novo título. Preciso de um novo ritmo. E preciso de um novo Café Americano. Tall!

    (talvez se eu inverter a ordem dos factores a coisa corra melhor, não?!)

     
    • asiram85 11:05 on 21/04/2009 Permalink | Responder

      Carla em LA:

      – Preciso mesmo de um café português, talvez um delta, com aquela chavena pequenina e a cafeína que faz trabalhar até os mortos

      Carla de regresso a Lisboa/Alcabideche:

      – “Preciso de um novo Café Americano. Tall!”

      Enfim, aquele moço que todos sabemos quem é tinha razão: “estou bem, onde não estou”. Afinal, é o problema de descobrimos novos mundos, o mundo velho torna-se mais pequeno e sufocante. Sabemos que há mais, pela primeira vez. E deixamos de ter certezas… Até que algo em nós faz um clique e, num segundo, sabemos exactamente onde queremos estar… Pode levar dias, meses ou anos, mas esse clique irá disparar um dia =)

      • Carlita 23:33 on 02/05/2009 Permalink | Responder

        Não sei se será assim.. acho que a vida é uma sucessão desses “cliques”. Só que depois há os que se rendem na satisfação e os que buscam sempre mais além, outras satisfações…

        “Preciso de um novo café americano. Tall” até podia ser um bom novo título, LOL

    • Sandra Bessa 11:55 on 21/04/2009 Permalink | Responder

      Pois é, parece que queremos estar onde não estamos …alargaste os teus horizontes e viste o novo mundo..isso faz-te desejar mais! É normal, acho eu! E também és nova e tens ainda muitas experiências para viver.
      Dá “tempo ao tempo”. (parece um cliché, não é?)

      Bjos

      • Carlita 23:37 on 02/05/2009 Permalink | Responder

        Sandrine =) As vezes os clichés reflectem grandes verdades que, por muito que nos custem aceitar, são o caminho que temos a seguir. Tens toda a razão nas tuas palavras. Dar tempo ao tempo… sem deixar que o tempo nos apague.

        Um beijinho

    • Sandra Bessa 12:00 on 21/04/2009 Permalink | Responder

      Ah! e como título: “O MEU MUNDO” ? Suficentemente abrangente?

      Bjs Amiga

    • Telma 15:40 on 21/04/2009 Permalink | Responder

      ‘Estou bem a onde não estou porque eu só quero ir a onde eu não vou, porque eu só estou bem, a onde eu não estou’.

      Não é?

      Carlinha, como já te disse, apanhas-te o bixinho.

      Sugestão para um novo capitulo “Próxima paragem.”

      Bjinhu.

    • mafalda 14:29 on 22/04/2009 Permalink | Responder

      como eu te compreendo!!!

    • Zorze 0:13 on 01/05/2009 Permalink | Responder

      Pois é Carla, por vezes as coisas que nos pareciam más na altura, com o passar do tempo tornam-se numa lição de vida…o que fazer! … rir e manter o equilíbrio.
      Estou a ver que o stress provocado pelo tic-tac do relógio também não tem ajudado…falta a bíblia do doutor “M. Scott Peck” ehhhhhh “Sorry but I have to buy another book, because… I don’t’ have the courage to say in your blog”. (prometo que ponho as auto-estradas de grafite que tinha o original) ehhh.
      E que tal “O Café da Carla”, “A Carla e o café do mundo”
      E para chatear, que tal a “bíblia e mais além”!!! apanhaste.

      • Carlita 23:27 on 02/05/2009 Permalink | Responder

        😐 Uiii, parece que a minha “bíblia” ficou algures perdida nas profundezas do oceano… Sniff! Mas não vale a pena ires “mais além” (sim, apanhei!) porque já tenho esse =) E já o li. Mas gostei mais do primeiro, tenho de assumir.

        Beijoooo =)

c
Compose new post
j
Next post/Next comment
k
Previous post/Previous comment
r
Responder
e
Editar
o
Show/Hide comments
t
Go to top
l
Go to login
h
Show/Hide help
shift + esc
Cancelar