Numa época de conturbação como temos viv…

Numa época de conturbação como temos vivido ultimamente, não admira que as manifestações se multipliquem pelas ruas, nas nossas casas, nas empresas e nas conversas de café. Entre reivindicações de activistas e sindicatos, frases repletas de palavras como injustiça, ladrões, interesseiros, drama, horror e tragédia. Credo, bate qualquer record num ranking de número de palavras negativas por frase!
Greves gerais. Manifs. Bloqueios das auto-estradas. Buzinões. Apitões. Esperas. Reivindicações. Zangões e Chatarrões… Gritos e intolerâncias que se multiplicam numa onda contágio sem precedentes que só gera novas reivindicações, mais pessimismo e maior sentimento de revolta, de desprestígio e de sombra.
A vida fica turva. Os dias embolorecem. E a nossa disposição oscila entre a apatia, a falta de vontade e o sentimento de impotência infeliz e amorfa.

A reivindicação e a queixa são refúgios da insatisfação. São manifestações de infelicidade perante o cenário em que vivemos.

Não esquecer: acção gera reacção. E neste momento a minha proposta é esta: é que no meio de tanta conturbação reivindiquemos por algo que nos ajude a sair do ciclo vicioso da pescadinha pessimista com o rabo na boca. Bora criar um ciclo virtuoso e reivindiquemos um caminho mais alegre, optimista e motivador.

Hoje, a manifestação é de carinho.

Que tenham um resto de dia feliz ❤

Anúncios