A Veneza Americana

img_0232Chamei a este post “A Veneza Americana” só por soar melhor. Na verdade devia ser “A Americana Veneza” porque o que salta à vista é o facto de ser a “versão” americana de Veneza.

Pois é, depois de um Sábado no deserto só mesmo um Domingo perto do mar. E assim foi, Domingo eu e a Mafalda resolvemos ir conhecer esta cidade com canais, pontes e  gôndolas como vemos em Veneza. Assim é Venice Beach, construída pelo milionário Abbot Kinney (indústria do tabaco), em 1900, na esperança de potenciar o desenvolvimento cultural da Califórnia do Sul. Acontece que, para este senhor, a geografia e a hidrografia não eram um forte e, uns anos depois, Venice acabou por ser assolada por enchentes e problemas de esgotos.

Hoje, apenas uma pequena parte dos canais originais sobrevive e é possível percorrê-la a pé entre arbustos, pontes pedonais, patos, água, barcos e barquinhos.

Eu gostei! Parece uma “Venice dos Pequeninos”. Só não encontrei o governador Arnold Schwarzenegger… diz que foi em Venice Beach que ganhou a sua musculatura e desde então esta praia recheou-se de muitos outros culturistas.

Venice fica aqui e aqui está o álbum que marca a presença destas duas portuguesas aventureuras pelos canais!

Anúncios